Pelos próximos 15 anos, o esmerilhamento de 2.183 km de trilhos entre Rondonópolis (MT) e Santos (SP) estará a cargo de uma só empresa, a Loram. A Rumo e a fabricante norte-americana de equipamentos para manutenção de via assinaram, em março, um contrato de cerca de R$ 1 bilhão, que prevê a terceirização do serviço na Operação Norte (malhas Paulista e Norte), através do regime full service. Pelo acordo, a Loram vai operar e manter duas máquinas do próprio portfólio – uma esmerilhadora de trilhos e um veículo rodoferroviário de inspeção de via –, que estão em fabricação e serão disponibilizadas à atividade de esmerilhamento na bitola larga da Rumo até 2037.


A parceria é considerada pioneira no setor ferroviário brasileiro não só por ser o primeiro contrato de longo prazo voltado à manutenção de via permanente, mas também pela mudança do papel da ferrovia nesse tipo de atividade.


O modelo comum, a que todas as concessionárias estão habituadas hoje, passa pela aquisição de equipamentos, que são acrescentados a uma frota própria e operados e mantidos pela operadora. Há poucos casos de aluguel de máquinas, e empreiteiras que oferecem serviços pontuais de manutenção de via por meio de suas frotas. Dessa vez, a própria fabricante do equipamento vai disponibilizar esse serviço, o que traz vantagens, na visão do diretor de Manutenção de Via da Rumo, Alexandre Jacob.

Notícias e imagem extraídos do site Revista Ferroviária

http://www.youtube.com/euamotrem

http://www.instagram.com/euamotrem

Página: http://www.facebook.com/euamotrem

Grupo: http://www.facebook.com/gruop/euamotrem

Para evitar problemas que já tivemos no passado, pedimos gentilmente que entre em contato conosco através do e-mail contato@euamotrem.com e encaminharemos o link do grupo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.